Gastronomia

Uma cozinha cheia de delicias fáceis e elaborada para mulheres de todos os estilos.

Para seguir o blog basta por seu e-mail abaixo.

Seguir por e-mail

Seguidores

anuncio

segunda-feira, 11 de junho de 2018

O poder e o cuidado com a chia

Te disseram que chia faz bem para saúde? Mas isso eles não te contaram…


A chia é um alimento que se tornou muito popular nos últimos anos, por causa de seus inúmeros benefícios para a saúde.

Essas sementes nativas da América Central, foram por muito tempo a base da alimentação dos povos que viviam lá. E não é por acaso: A chia possui 5 vezes mais cálcio do que o leite (ideal para intolerantes à lactose ou veganos).

Tem mais antioxidantes que os mirtilos. É três vezes mais rica em ferro do que o espinafre. Contém o dobro de fibras que a aveia.

Além de fornecer muita energia para o organismo, seu consumo aumenta a disposição, a força e a resistência muscular, contribui para a perda de peso, sacia a fome e reduz o açúcar no sangue.

Porém, nem tudo sobre a chia são benefícios. É sobre alguns dos seus riscos que queremos falar no vídeo de hoje:

Em um artigo publicado pela Dra. Rebecca Rawlm, no site do Colégio Americano deGastroenterologia, ela explica que a chia tem a capacidade de expandir-se até 27x seu tamanho. Por essa razão, quem sofre com refluxo ou problemas de deglutição deve evitar consumi-la.

É importante também ter atenção para comer a semente apenas depois que ela se expandir, pois o crescimento dela dentro do corpo causa problemas no esófago.

Pressão arterial também é um problema de saúde que deve ser levado em consideração por amantes de chia, pois a semente reduz bastante a pressão. Se você costuma consumi-la com regularidade, certifique-se de que sua pressão está normal.



Alguns medicamentos também podem interagir negativamente com a chia, ocasionando problemas mais sérios.

Os diabéticos também devem estar em alerta, pois a chia tem a capacidade de reduzir o açúcar no sangue.

Por possuir uma grande quantidade de fibras, ela é muito útil para quem sofre com prisão de ventre, mas quem está com diarréia deve evitar seu consumo.

Depois de ouvir essas dicas, não pense que a chia é um alimento ruim! Muito pelo contrário.

Sabendo seus riscos e a forma como ela interage com o organismo você poderá assim consumi-la de forma correta e obter seus benefícios. E você, gosta de comer chia? Como você prefere consumi-la?

Fonte: Natureba

sexta-feira, 16 de fevereiro de 2018

Bolo biscoito de polvilho assado.


Receita:

3 ovos médios
1 1/2 de polvilho (doce ou azedo, tanto faz) (mas eu misturei dos dois, porque o azedo é que deixa essa caquinha crocante.)
1/2 copo de leite (pode ser água também)
1/2 copo de óleo da sua preferencia.
sal a gosto

Modo de fazer:

Ferver o leite com o óleo, jogar sobre o polvilho em uma vasilha, por o sal e mexer até misturar para escaldar o polvilho, (não fica mole tá).
Deixar esfriar por uns 5 minutos e depois misturar o ovo, um a um, ate formar uma massinha homogênea.
Por em uma forma de sua preferencia, eu usei uma redonda com furo no meio de 20 cm, untada com óleo. Levar ao forno pre-aquecido a 200 graus por uns 40 minutos ou até dourar.
Desinformar ainda quente, para não grudar na forma.

Caso queira dobrar a receita, acrescente só mas um ovo.


segunda-feira, 18 de dezembro de 2017

Panqueca com massa de cenoura, sem glúten e sem lactose, com recheio de frango e queijo


Ingredientes:

2ovos
1 xícara de amido de milho
1 xícara de leite de coco ou outro da sua preferencia
1 pitada de sal
1 pitada de açucar
1 xícara de cenoura ralada
1 colher de (chá) de fermento em pó.

Recheio:

frango desfiado e temperado da forma que mas gostar e uma fatia de queijo.

Modo de fazer:
Bater tudo no liquidificador e depois fazer as panquecas em uma frigideira antiaderente, minha medida para cada panqueca é uma concha média, deixar dourar de um lado e virar para dourar do outro, igual omelete. E tá pronto é só por o recheio, enrolar e despor em uma assadeira com molho de tomate e queijo por cima para gratinar.